Posts filed under ‘Contos, Prosas e Outros Tantos’

Tempos de Angústia

TEMPOS DE ANGÚSTIA

Será que logo a mim foi dada a missão de lhes arrancar do peito a flecha mortal? Eu já tenho couro duro para suportar a dor e ossos flexíveis que não se quebra, igualmente acostumada com as coisas belas e horríveis desta vida (…)

[Ainda estarrecida diante daqueles que põem um fim na própria vida, substituindo o final da sua autêntica história].

Marli Savelli

Anúncios

3 de outubro de 2019 at 13:58

Deus Muda As Coisas de Lugar

DEUS MUDA AS COISAS DE LUGAR

Não devemos resistir as mudanças, mas aceita-las como parte do plano de Deus porque enquanto elas vão acontecendo, os céus vão dizendo: ”está dando tudo certo!”… Que boa esta paz! Que bom confiar!

Marli Savelli

29 de setembro de 2019 at 22:46

Muito Além de Migalhas

MUITO ALÉM DE MIGALHAS

De um lado eu vejo um pequeno fragmento de pão caindo no meio de cães farejadores, indispensável e importante à sua fome , as suas querelas, pois tentam disputar quem devora primeiro a robusta pequenez, antes mesmo de cair ao chão. Vivem de migalhas, à espera do deus-dará!

Do outro lado eu vejo um Pão inteiro em cima de uma mesa, onde todos estão saciados e naturalmente, a cada pedaço que lhe é tirado se sobrepõe e recompõe, a magna, os fomentadores.

Moral: Para os que tem identidade de filhos, o Pão não falta. Assentam-se à mesa do Pai, somando, multiplicando, dividindo a porção que recheia o dia e alimenta o saber, a alma e o espírito.

Marli Savelli

21 de setembro de 2019 at 12:50

Um Futuro Saboroso

UM FUTURO SABOROSO

Preparar o nosso próprio alimento é um ato de amor, sentimento este que nenhuma empresa alimentícia será capaz de reproduzir. Vai desde o cuidado ao selecionar o alimento, o preparo com amor, e se alimentar com gratidão, ingerindo em nós o revigor não só do corpo como da alma. A comida e o comer estão ligados às emoções, aos sentimentos e aos sentidos – a visão, o olfato, o tato, o paladar, o gosto e sabor. Isso explica porque as empresas alimentícias usam slogans como “o segredo é o carinho“, “o tempero do amor“, “fábrica da felicidade“. A estratégia é não deixar o consumidor associar que as comidas prontas, ultraprocessadas, quando utilizadas de sabor artificial, conservantes e corantes, causam mal à saúde, por serem vazias em nutrientes e ricas em sal, açúcar, gorduras e outras substâncias químicas levando à pressão alta, colesterol, obesidade e outras doenças agregadas, como diabetes e câncer, problemas cardíacos e respiratórios, afetando o estado emocional . Evite extremos, uma vida saudável exige um comprometimento com o corpo físico, mental, social, e espiritual. Coma do cardápio de Deus e tenha um futuro mais saboroso!

Por Uma Vida Mais Longa, La Carte

A – Alimentação Saudável
L – Luz solar
A – Água regularmente
C – Caminhadas e outras atividades físicas
A – Ar puro
R – Repouso adequado
T – Temperança
E – Espiritualidade

Marli Savelli

17 de setembro de 2019 at 13:02

A Morte é o Último Inimigo

A MORTE É O ÚLTIMO INIMIGO

A morte é a libertação deste corpo, por isso não tenho medo, o último inimigo a ser vencido. A breve espera pela vinda de Cristo não passa de uma vida. E Deus nos garante que o mal não se levantará uma segunda vez. Só temo pelos que ficam!

Marli Savelli

14 de setembro de 2019 at 11:35

I Love You, Deus!

I LOVE YOU, DEUS

Quando eu faço um flashback do quanto Deus tem sido maravilhoso comigo, eu teria que ficar ajoelhada perante Ele vinte quatro horas por dia adorando, agradecendo, salmodiando, porque eu sou tão pequena e Ele tão grande. Tudo que faço é porque Ele tem me ensinado, me dirigido, me abençoado, me trabalhado, me livrado, me amado. Ele tem transformado o que é ruim em coisa boa; e o mal que é intentado contra mim, em bem. (…)

E, você, não desista, Deus pode te ajudar, não importa onde você está. Se tiver um filho numa cova ou num precipício, Ele vai deixar todos os outros em segurança e vai sair atrás de você para socorrê-lo, pra te tirar pra fora do teu poço. A vitória com Deus não acontece num passe de mágica, mas um passo de cada vez, enfrentando muitos desafios e superações. Agarre-se Nele.

Marli Savelli

12 de setembro de 2019 at 08:41

É o Fim!

É O FIM

Quer saber como é o sentimento de Deus ao se referir ao anticristo? Ele me diz cuidadosamente e chorosamente, como se noticiasse a morte de um ente querido, lamenta como um pai que perde seu filho, e responde monossilábico: “é o fim”.

Talvez você, assim como eu, já possa ter dito: “Porque não acaba logo com isso? Porque insiste tanto?”. Digo isso porque temos a humanidade em comum, não há na terra nem jamais haverá alguém merecedor da salvação, mas Deus, nos ama de tal maneira […] e como uma mãe que deseja o bem para todos os seus filhos, Ele faz nascer o sol e vir a chuva sobre os bons e os maus, com o dom do seu amor e do seu caráter inclusivo, independente da sua resposta ao Criador. Só que muitos não querem reconhecer a verdade, não se arrependem, buscam o caminho do mal, são rebeldes, ovelhas negras, não dão ouvidos aos conselhos do Pai, permanecem no erro, e vão ter o fim que merecem, como consequencia de suas escolhas, a justiça será feita, mas saiba, Deus não tem prazer neles.

Marli Savelli

6 de setembro de 2019 at 19:09

Posts antigos


Obrigada =)

  • 120.709 Pescadores de Ilusões
"Eu escrevo o que me vem ao coração, não me pergunte o porquê nem pra quem. Preciso!"

.............................................

Proteção Anti-Cópia – O blog está protegido pela Lei de Direitos Autorais. Os textos aqui contidos não podem ser utilizados sem prévia e expressa autorização da autora, ficando o infrator sujeito às penas da Lei 9.610 de 19/02/1998.

Apocalipse, Amor e Fúria

Não foi possível carregar as informações do blog no momento.

Selo da Amizade

Por Clarice Lispector

“Então escrever é o modo de quem tem a palavra como isca: a palavra pescando o que não é palavra. Quando essa não-palavra – a entrelinha – morde a isca, alguma coisa se escreveu. Uma vez que se pescou a entrelinha, poder-se-ia com alívio jogar a palavra fora”. C. Lispector

Licença Poética

Licença poética é uma incorreção de linguagem permitida na poesia. Em sentido mais amplo, são opiniões, afirmações, teorias e situações que não seriam aceitáveis fora do campo da literatura. A poesia pode fazer uso da chamada licença poética, que é a permissão para extrapolar o uso da norma culta da língua, tomando a liberdade necessária para utilizar recursos como o uso de palavras de baixo-calão, desvios da norma ortográfica que se aproximam mais da linguagem falada ou a utilização de figuras de estilo como a hipérbole ou outras que assumem o caráter "fingidor" da poesia, de acordo com a conhecida fórmula de Fernando Pessoa ("O poeta é um fingidor").

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Prof. Dr. José PAZ Rodrigues

Professor Doutor, José PAZ Rodrigues, didata, poliglota, licenciado e graduado em Pedagogia pela Universidade Complutense de Madrid. Especialista mundial em Robindronath TAGORE, tem a melhor biblioteca do mundo dedicada a TAGORE, com mais de 30.000 volumes em todas as línguas, inclusive, edições brasileiras. Estuda este escritor desde 1966, teve como tese de doutorado: “Tagore, Pioneiro da Nova Educação”. (Clique aqui para acessar seus artigos)

Minha Homenagem

Clique na foto do escritor, poeta, romancista e músico indiano, Robindronath TAGORE (7/5/1861-7/8/1941- Calcutá – Índia), para acessar alguns de seus poemas e escritos, publicados em homenagem a ele, que se realiza no ano de 2011, quando se completa 150 anos desde o seu nascimento e 70 de falecimento. Tagore, chamado por Mahatma Gandhi de “o grande mestre”, ganhou em 1913 o prêmio Nobel de Literatura. Tagore, depois de educação tradicional na Índia, completou sua formação na Inglaterra entre os anos de 1878 e 1880 e começou sua carreira poética com volumes de versos em língua bengali. Desde então, traduziu seus livros para o inglês, a fim de lhes garantir maior difusão. Seu mais famoso volume de poesias é Gitãñjali (Oferenda Poética). Fundou, em 1901, uma escola de filosofia, em Santiniketon, que, em 1921, foi transformada em universidade.

Albert Einstein e Tagore

Tagore e Mahatma Gandhi

Lançando a Rede

Prêmio Dardos

Prêmio indicado por Helena Frenzel, do blogue bluemaedel.blogspot.com. Obrigada, querida, pelo carinho, reconhecimento e leituras. “A conquista é nossa! Eu digo nossa porque, a conquista nunca é solitária, existe mais alguém:- aqui, “o leitor”! .Ele me motiva a continuar, está a me inspirar (...)” Marli Savelli

Arquivos

Traduzir